p Golden Solutions | Data Driven: O que é e por que é importante?

Data Driven: O que é e por que é importante?.

29/07/2022
Business Intelligence
Big data
Data driven
ciência de dados

Data Driven é qualquer decisão baseada em informações factuais e pesquisadas em uma abordagem de gerenciamento orientada a dados.

Nem é preciso dizer que empresas de todos os tipos estão usando a tecnologia com muito mais frequência.

Com o desenvolvimento da tecnologia, agora é impossível ignorar o valor dos dados e análises precisas ao tomar decisões que melhoram os resultados.

Isso resume a estratégia orientada a dados, sobre a qual entraremos em mais detalhes posteriormente. Também demonstraremos sua aplicabilidade às empresas e como colocar a ideia em prática em sua empresa.

O que é Data Driven?

Qualquer organização pode se beneficiar do gerenciamento orientado por dados como uma ideia estratégica. Na realidade, refere-se a fazer escolhas à luz da análise e interpretação dos dados.

Demonstraremos que ser orientado por dados envolve mais do que apenas coletar dados, se você acredita que faz isso atualmente.

As empresas que usam essa abordagem podem coletar dados confiáveis ​​para personalizar suas ofertas, mensagens e todo o fluxo de relacionamento com prospects ou clientes.

Negócios orientados a dados

As palavras “data-driven” e “data manager” são frases intercambiáveis. Embora compartilhem uma conexão com a ideia de gerenciamento de dados, eles são distintos um do outro porque o gerenciamento orientado a dados vai além.

Fazer julgamentos com base em dados consolidados é essencial em um ambiente corporativo. Mesmo quando existem inúmeros obstáculos a serem superados, esta é a única maneira de prever cenários e alcançar os resultados desejados.

Embora o marketing orientado por dados seja algo que muitas empresas consideram, não é o objetivo principal da estratégia. As empresas que são orientadas por dados examinam uma variedade de questões, incluindo:

  • Perfil de possíveis clientes
  • Técnicas para interagir com seu público
  • Parceiros em potencial
  • Recursos que os diferenciam dos rivais

Essa tática garante que a análise de dados globais leve em consideração parceiros, concorrentes, fornecedores e clientes. E os resultados são totalmente diferentes como resultado!

Por que ter um negócio orientado a dados é importante?

O conceito de uma cultura de empresa orientada por dados é eficaz em qualquer ambiente corporativo, independentemente de quão high-tech o termo possa soar.

Você não pode fazer julgamentos de negócios apenas com base em especulação ou intuição. O planejamento é fraco e o alcance de metas é mais difícil sem uma base forte, o que pode resultar em perdas significativas.

Particularmente em táticas de avaliação de concorrência e mercado, uma abordagem orientada por dados é crucial. A sua implementação é um procedimento de médio prazo que envolve a formação da plataforma e da equipa e tem como principal objetivo o direcionamento da tomada de decisão.

Essa tendência está ganhando força graças a uma série de vantagens, especialmente para empresas que desejam escolher com sabedoria.

Que benefícios existem?

Um dos ativos mais valiosos de uma empresa são suas informações. Ser orientado por dados de forma eficaz para informar a tomada de decisões é um de seus principais benefícios. Isso não é tudo, no entanto. Conheça outras vantagens de criar uma cultura orientada por dados em sua empresa.

Economia

A disponibilidade de recursos é maximizada por meio do gerenciamento orientado por dados. Isso se deve ao fato de que a análise de risco é mais confiável e os dados adquiridos auxiliam no melhor entendimento da realidade de uma empresa e dos concorrentes.

De acordo com uma pesquisa da Harvard Business Review com 1.000 empresas, 48,4% tiveram melhorias significativas na redução de custos após a adoção de uma estratégia orientada por dados.

Planejamento mais avançado

O planejamento pode ser melhor graças à mineração de dados. Isso ocorre porque vários fatores foram examinados:

  • Comportamento do cliente
  • Tendências comerciais
  • Concorrentes
  • Ciclos de trabalho/processo potencialmente repetidos
  • Histórico de negócios

Você pode usar essas informações para entender melhor o estado de sua empresa e quais mudanças são necessárias para atender aos objetivos definidos.

Como me torno data-driven?

Aqui estão alguns passos essenciais para a implementação de uma cultura orientada a dados em sua empresa, derivadas do primeiro capítulo do livro Criando uma organização orientada a dados.

1. Colete dados

A coleta de dados é a base de uma estratégia orientada a dados bem-sucedida. No entanto, reunir todos os dados disponíveis é inútil, pois sua empresa exige apenas dados pertinentes aos seus objetivos.

Leva tempo para coletar dados transparentes, objetivos e confiáveis. O analista de dados médio gasta cerca de 80% de seu tempo coletando e limpando dados, e os 20% restantes são gastos aproveitando esses dados para construir modelos estratégicos.

Também é importante observar que a simples coleta de todos esses dados, não importa quão valiosos possam ser, não transforma automaticamente sua empresa em uma empresa orientada por dados. O que será feito com isso é o que mais importa.

2. Acessibilidade de dados

A coleta de dados deve ser acessível e consultável. Quando necessário, deve ser simples combinar dados pertinentes com outros dados da empresa. Existem inúmeras plataformas que podem ajudar nessa tarefa.

Compartilhar também deve ser uma realidade. A tomada de decisões se torna mais sutil e precisa se toda a equipe tiver acesso ao histórico de dados.

Além disso, para obter resultados que realmente importam, as empresas precisam ser capazes de minerar dados com precisão e filtrá-los.

3. Relatórios

Ao criar relatórios, fatos brutos como taxa de crescimento por si só não transmitem nada. Para que os fatos façam sentido, você deve adicionar contexto.

Por exemplo, isso envolve informar sobre dispendiosas iniciativas de marketing, mudanças de mercado e outras modificações de processo. Alertas que exibem eventos atuais e áreas onde sua estratégia precisa ser aprimorada também são necessários.

4. Análise de dados

Os relatórios oferecem resumos perspicazes que auxiliam no acompanhamento do desempenho do seu negócio. No entanto, você deve ir mais longe e traduzir esses dados em insights competitivos que direcionarão os processos, pessoal e decisões tecnológicas tomadas por sua organização.

Os relatórios fornecem informações, enquanto a análise sugere ações com base nos dados coletados. Tudo isso é um componente da estratégia de inteligência de negócios, que tenta basear as escolhas estratégicas em informações factuais.

Gerenciamento orientado a dados baseado em tecnologia

Os gerentes devem demonstrar o valor de tomar decisões com base em dados e análises para criar com sucesso uma cultura orientada a dados. Esse método precisa ser incorporado em todos os processos e fazer parte da cultura da sua empresa.

Você precisa de tecnologias automatizadas para facilitar a implementação de uma abordagem orientada por dados, além de treinar equipes em análise. Com o software correto, você pode extrair rapidamente uma grande quantidade de dados e agilizar as operações do seu negócio.

Leia mais:
Data Lake e Data Warehouse: Entenda esses conceitos!

Conheça a Golden Solutions

A Golden Solutions conta com centenas de clientes atendidos, comercializando licenças de software e desenvolvendo serviços como gestão de nuvem, consultoria e serviços gerenciados, além de um portfólio amplo de soluções verticalizadas com foco em inovação e transformação digital.

Conte com o nosso apoio para implantar toda uma metodologia de Data & Analytics para auxiliar o crescimento do seu negócio.

Entre em contato conosco e conheça melhor nossas soluções.