p Golden Solution | O que é ciberataque e como se proteger?

O que é ciberataque e como se proteger?.

20/06/2022
Segurança da Informação
cibersegurança
LGPD
ataque cibernético

Em um mundo digital, entender o que é ciberataque é importante para a sobrevivência de qualquer negócio, visto que só ficam mais comum. De fato, de acordo com a Kaspersky, empresa líder mundial em segurança cibernética, durante a pandemia, eles aumentaram 25%. Como resultado, a preocupação e os investimentos em sistemas de segurança aumentaram. Esses ataques têm o potencial de coletar todos os tipos de informações, colocando empresas e indivíduos em risco. A seguir, veremos alguns deles e como se proteger.

Precisarmos está atentos às ameaças da era digital

O século XXI é a era da digitalização. A contínua evolução tecnológica, guiada pela inteligência artificial ou big data, entre outros fatores, e o desenvolvimento da Quarta Revolução Industrial trazem inúmeros benefícios, mas também desvantagens. Este mundo totalmente digitalizado é vulnerável e os ataques cibernéticos estão se tornando mais comuns em nossos dias, com hackers obtendo acesso a informações confidenciais de indivíduos, empresas e governos.

Definição de ciberataque

Um ciberataque é um conjunto de ações direcionadas contra sistemas de informação, como bancos de dados ou redes de computadores, com o objetivo de prejudicar pessoas, instituições ou empresas. Esse tipo de ataque pode atingir tanto equipamentos quanto sistemas de rede, cancelando seus serviços, e bases de armazenamento de dados, que podem ser hackeados, roubados ou até mesmo utilizados para cometer fraudes.

De acordo com os especialistas Alec Ross e Keren Elazari no evento Shapes em março de 2021, agora é mais provável que ocorra uma guerra cibernética do que uma guerra tradicional. De fato, há um número crescente de organizações criminosas que visam os ciberataques com suas atividades. Isso se deve à sua alta rentabilidade e ao fato de exigirem uma infraestrutura menos complexa. Além disso, é bastante difícil seguir seu rastro e, como resultado, ser descoberto.

“Esses avanços no crime cibernético têm custos astronômicos. A previsão para 2021 é de 6 trilhões de dólares. Esse valor ultrapassará os dez bilhões de dólares até 2025, tornando o crime cibernético um dos mais significativos desafios e problemas enfrentados pelas empresas e pela sociedade nos próximos anos”, diz Ross. “Pases e corporações reconquistaram as linhas de batalha, que agora são virtuais”, diz Elazari.

Tipos de Ciberataque

Nenhum dos ciberataques é igual. Existem vários tipos, dependendo de como são realizadas, sua finalidade, sua vítima e assim por diante. A seguir estão os mais comuns, conforme resumido pela Kaspersky, empresa líder mundial em segurança cibernética:

Phishing

Phishing é o envio de mensagens fraudulentas, geralmente por meio de e-mails, que parecem vir de fontes confiáveis ​​e seguras. O principal objetivo desse tipo de ciberataque é roubar dados pessoais altamente confidenciais, como informações sobre sessões de login (login) ou números de cartão de crédito, entre outros.

Malware

Faz referência a software malicioso, como vírus e worms. Basicamente, o que ele faz é explorar vulnerabilidades para se infiltrar nas redes, e isso geralmente acontece quando um usuário clica em um link ou anexo em um e-mail. Seu impacto vai desde a instalação de software malicioso até o bloqueio do acesso a componentes críticos da rede (ransomware) ou a obtenção de informações falsas (spyware).

Injeção SQL

Uma injeção de SQL ocorre quando um hacker injeta código malicioso em um servidor baseado em SQL, forçando-o a revelar informações que, de outra forma, estariam ocultas. Um hacker pode conseguir isso enviando um código malicioso para uma janela de pesquisa originada de um site vulnerável.

Ataque de negação de serviço (DDoS)

Esse ciberataque causa saturação de sistemas, servidores e até redes de tráfego com o objetivo de proteger recursos e aumentar a largura de banda. Hackers frequentemente empregam uma variedade de dispositivos projetados especificamente para lançar ataques, com as consequências resultando na incapacidade de completar petições legais.

Estes são alguns dos ciberataques mais conhecidos e amplamente utilizados. No entanto, existem outros, como man-in-the-middle (MITM), zero-day (zero-day) ou encapsulamento de DNS (túnel) e assim por diante.

Como pode se proteger de um ciberataque?

Ciberataques representam uma séria ameaça ao nosso modo de vida atual. Como resultado, abordaremos vários pontos-chave para nos protegermos de ataques cibernéticos:

Modernização de equipamentos

Os dispositivos eletrônicos que temos em casa e no escritório devem estar sempre atualizados, pois as atualizações corrigem falhas de segurança em versões mais antigas. Da mesma forma, devemos instalar um software antivírus da geração mais recente.

Senhas longas e complexas

É fundamental usar numerais, símbolos e letras grandes e pequenas. É recomendável que você não use sempre as mesmas senhas. Não devemos, em hipótese alguma, usar o nome de um ente querido, de um animal reverenciado ou de nosso cantor favorito.

Verifique a autenticidade de URLs e senhas

Phishing e malware são dois dos ataques cibernéticos mais comuns que usam URLs forjados para obter acesso a informações confidenciais. É comum nos depararmos com personagens obscuros nas redes sociais cujo objetivo é roubar dados através da passagem pelas empresas.

Não fornecer informações pessoais

Principalmente em redes sociais e sites desconhecidos ou com baixo nível de confiabilidade. Na verdade, só devemos fornecer informações pessoais em situações de emergência e em locais seguros, e devemos estar atentos aos textos ou imagens que enviamos a estranhos.

Denunciar às autoridades

Quando nos deparamos com um site com procedimentos questionáveis ​​ou conteúdo insuficiente que ofereça risco ao usuário, uma das ações mais sensatas é denunciá-lo às autoridades competentes.

Exemplos de ciberataques (casos famosos)

Desde a virada do século, surgiram vários ciberataques que deixaram marcas devido a vários fatores, como seu alcance, influência econômica ou até mesmo a angústia que causaram:

Wannacry

Em 2017, um grande número de computadores em toda a Europa teve seus sistemas comprometidos, com seus arquivos criptografados e todos os acessos de usuários bloqueados. Como resultado, milhões de empresas foram fechadas em questão de minutos devido a um ataque de ransomware que se espalhou pela internet (WannaCryptor). Este ataque é lembrado pelas perdas econômicas significativas que causou.

Conficker

Em 2008, um worm sofisticado se infiltrou em sistemas Windows vulneráveis ​​(2000, XP, Vista, Server 2003 e Server 2008). O ataque teve um impacto enorme – 10 milhões de dispositivos foram infectados em 190 países – e sua complexidade disparou todos os alarmes. A velocidade com que se espalhou fez com que fosse classificado como uma ameaça militar.

Stuxnet

No verão de 2010, apareceu uma das espiãs cibernéticas mais sofisticadas. Seu objetivo era atingir infraestrutura crítica e ambientes industriais, incluindo usinas nucleares, por exemplo, no Irã, o que causou muita preocupação. Esse vírus se infiltrou nos sistemas de computador, roubou dados confidenciais e ordenou sua própria destruição.

Petya

Em 2016, foi descoberto um ransomware que tinha a capacidade de se infiltrar em computadores e criptografar seus dados, tornando-os completamente inutilizáveis ​​pelo usuário. Basicamente, esse vírus infectou os sistemas Windows por meio de um executável em PDF que foi aberto pela vítima. O sintoma mais grave desse ciberataque era que os monitores dos equipamentos exibiam uma caveira.

Leia mais:
O que é Teste de Penetração e por que é importante?
Nuvem Privada vs Nuvem Pública: Qual a diferença?

Conte com a Golden Solutions para melhorar sua segurança!

A Golden Solutions possui vasta expertise em cibersegurança, além de possuir as certificações ISOs 27001, 27017 e 27018, que garantem a excelência que é entrega na prestação do serviço.

Temos um time de especialistas e fazemos toda a implantação de medidas de segurança contra qualquer ciberataques.

Entre em contato conosco e conheça melhor nossas soluções.