p Golden Solution | 7 maneiras de otimizar custos de computação em nuvem

7 maneiras de otimizar custos de computação em nuvem.

18/04/2022
Cloud Computing
Computação em Nuvem
Nuvem hibrida
Nuvem Privada
gestão de custos
cloud computing otimização de custos

Otimizar custos de computação em nuvem vem tornando-se uma preocupação recorrente entre os gestores de TI principalmente por iniciarem a utiliza-la sem planejamento da melhor solução para o seu negócio

O que exatamente é a otimização de custos de nuvem?

A otimização de custos para serviços em nuvem é o método de reduzir seus gastos totais, identificando recursos defeituosos que são ineficientes, eliminando desperdícios e garantindo que você reserve a capacidade para descontos e dimensione corretamente o serviço de computação para acomodar sua necessidade.

A nuvem oferece às empresas capacidade ilimitada e reduz os custos de TI porque você paga apenas pelos recursos que utiliza. No entanto, a realidade em relação aos preços do Amazon Web Services (AWS) e do Microsoft Azure é que os usuários da nuvem pagam pelos serviços que compram, independentemente de usá-los ou não. Em sua publicação mais recente, Como identificar maneiras de reduzir custos no Cloud IaaS, que é um Cloud IaaS público, os analistas do Gartner Brandon Medford e Craig Lowery estimam que 70% dos custos relacionados à nuvem são inerentes ao desperdício.

Existem muitas maneiras excelentes de otimizar os custos da nuvem. Aqui estão sete métodos para otimizar suas despesas na nuvem, mas antes disso, é importante entender os modelos de acesso a nuvem

Modelos de acesso de computação em nuvem

Existem três principais opções para usar a computação em nuvem.

Nuvem pública: A gestão da nuvem é gerenciada por um terceiro e o contratante possui uma série de planos que são selecionados com base nas demandas. O provedor é responsável por atualizações, suporte e hardware, que podem ser acessados ​​pelo contratante por meio de um navegador conectado à internet.

Nuvem privada: neste caso, a própria empresa é responsável pela manutenção da infraestrutura de nuvem sem empregar um provedor de serviços de nuvem de serviço de nuvem. Isso permite mais customização e criação de processos adaptados às necessidades específicas do negócio

Nuvem híbrida: refere-se à mistura de nuvens privadas e públicas usando tecnologias que permitem o compartilhamento de dados e aplicativos entre os dois

7 práticas recomendadas de otimização de custos na nuvem

1. Encontre recursos que não são usados ​​ou desanexados.

A maneira mais eficiente de reduzir as despesas com a nuvem é procurar recursos que não estão sendo usados ​​ou anexados. Na maioria dos casos, um administrador ou desenvolvedor irá “ligar” servidores temporários para realizar uma tarefa e depois esquecer de desligar o serviço quando o trabalho for concluído. Outro cenário comum, um administrador pode esquecer de remover o armazenamento que foi anexado às instâncias quando elas terminarem. Esta é uma ocorrência comum nos departamentos de TI em toda a organização.

Isso significa que as cobranças da AWS da empresa e as contas do Azure terão cobranças por recursos que eles compraram anteriormente, mas não estão mais usando. Um plano eficaz de gerenciamento de custos baseado em nuvem deve começar identificando recursos desnecessários ou desanexados para removê-los.

2. Consolide e identifique recursos ociosos

O próximo passo para otimizar as despesas de computação em nuvem é cuidar dos recursos ociosos. Uma instância de computação ociosa pode ter uma utilização de CPU de 5% a 5%. Se uma empresa recebe uma fatura pelo valor total da instância de computação, é um custo substancial. A estratégia de economia de custos na nuvem mais eficaz é procurar instâncias que não estão sendo usadas e consolidar cargas de trabalho de computação em um número menor de instâncias.

Nos primórdios dos data centers, os gerentes geralmente exigiam uma utilização menor para se preparar para um pico de tráfego ou temporada movimentada. É caro, demorado e ineficiente criar novos recursos para o centro. Em vez disso, a nuvem fornece dimensionamento automático, balanceadores de carga e serviços sob demanda que permitem dimensionar o poder de computação do seu sistema a qualquer momento.

3. Utilize mapas de calor

O uso de mapas de calor é um elemento chave para otimizar os custos da nuvem. O mapa de calor pode ser uma ferramenta baseada em imagem que mostra os picos e vales da demanda de computação. As informações que ele fornece podem ser úteis ao determinar os horários de início e término para reduzir custos. Por exemplo, os mapas de calor podem indicar a possibilidade de os servidores de desenvolvimento serem desligados durante os fins de semana.

Embora os administradores possam fechar os servidores manualmente, é melhor usar a automação para programar instâncias para desligar e iniciar novamente, maximizando as despesas.

4. Serviços de computação do tamanho certo

Dimensionamento correto refere-se ao procedimento de estudar os serviços de computação e alterá-los para serem do tamanho de maior eficiência.

É difícil dimensionar adequadamente as instâncias, especialmente porque os gerenciadores de nuvem têm mais de 1,7 milhão de configurações possíveis para selecionar. Além dos tamanhos dos servidores, é possível otimizar os servidores para maximizar a memória, os gráficos do banco de dados, a capacidade de computação e a taxa de transferência.

As ferramentas de dimensionamento correto também podem sugerir modificações nas famílias de instâncias quando necessário. O Right Sizing vai além de simplesmente reduzir as despesas da nuvem e também ajuda na otimização dos recursos da nuvem, que está obtendo o máximo desempenho dos recursos pelos quais você está pagando.

5. Invista em Instâncias Reservadas (RIs)

As empresas que estão comprometidas com a nuvem a longo prazo devem considerar investir em instâncias de reserva. São descontos maiores que se baseiam em um pagamento inicial e compromisso com o tempo. A economia de RI pode chegar a 75% ou mais e é essencial otimizar os custos da nuvem.

Como você pode comprar RIs por um período de um a três anos, é essencial rever seu uso anterior e se preparar no caso de uma mudança.

6. Trace uma estratégia de compra

O GCP, assim como outros provedores de nuvem, oferece uma variedade de opções de preços. Para VMs que fazem parte do GCP, elas têm descontos por quantidade, uso prolongado para uso contínuo e instâncias preemptivas, cobrança por segundo e muito mais. O GCP oferece uma variedade de classes de armazenamento em que o custo geralmente está correlacionado com a velocidade de acesso aos dados e a velocidade dos dados recuperados. As opções de preços serão baseadas no uso do serviço e são feitas backup usando informações de desempenho.

7. Opte pela Nuvem privada

A Golden Solutions possui vasta expertise no serviço de cloud computing, além de possuir as certificações ISOs 27001, 27017 e 27018, que garantem a excelência que é entrega na prestação do serviço. Oferecemos os melhores recursos de uma nuvem pública na Golden Cloud. Aumente ou diminua a capacidade do seu poder de computação de forma simples e com apenas alguns cliques. Temos dois tipos de oferta: reserva de recursos ou pagamento conforme demanda, sem preocupação com a oscilação do dólar.

Entre em contato conosco e conheça melhor nossas soluções.